Announcements

Os petroleiros do Brasil se somam à IP

Mais de 100.000 trabalhadores do setor de petróleo do Brasil, representados pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), juntamente com seus 13 sindicatos associados de todas as regiões do país, consolidam seu compromisso histórico com o avanço da democracia e do progresso social.
Os trabalhadores do setor de petróleo do Brasil se organizam por meio de seu sindicato, a Federação Única dos Petroleiros (FUP), para expressar suas demandas econômicas, políticas, sociais e culturais. E hoje eles se unem à Internacional Progressista para avançar na luta por uma vida digna para todos, no Brasil e no mundo.
Os trabalhadores do setor de petróleo do Brasil se organizam por meio de seu sindicato, a Federação Única dos Petroleiros (FUP), para expressar suas demandas econômicas, políticas, sociais e culturais. E hoje eles se unem à Internacional Progressista para avançar na luta por uma vida digna para todos, no Brasil e no mundo.

A FUP foi fundada em 1994 após anos de organização dentro da gigante petrolífera brasileira, a Petrobras, que foi fundada em 1953. O sindicato se orgulha de sua independência – do Estado, da gestão da Petrobras e dos partidos políticos – bem como de seu profundo enraizamento nas classes populares do Brasil, nas demandas democráticas, nos movimentos sociais e nas organizações da sociedade civil. A Federação é membro da Central Única dos Trabalhadores (CUT), a maior federação sindical da América Latina, representando 7,5 milhões de trabalhadores,que também é membro da Internacional Progressista.

A FUP, contando o apoio de mais de 100.000 filiados, abrange trabalhadores, aposentados e pensionistas do Sistema Petrobras, bem como trabalhadores do petróleo em empresas privadas, estando na vanguarda da luta social no Brasil. Para além de seu objetivo primordial de representar os petroleiros, o sindicato se engaja na defesa contundente da soberania e na resistência a projetos prejudiciais ao povo brasileiro. Assim, a FUP promove os direitos dos seus membros e de toda a população, fortalecendo a democracia e universalizando a cidadania.

Desde a destituição da presidenta Dilma Rousseff, em 2016, o governo do Brasil tem seguido uma política de revogação de direitos duramente conquistados e envolvimento em muitas violações de direitos humanos. A pandemia de Covid-19 intensificou essa tendência regressiva. A FUP e seus sindicatos têm contestado essa trajetória na Justiça, por meio de greves e campanhas sociais de apoio.

A Federação interveio de forma direta para apoiar o povo brasileiro durante a crise econômica e sanitária, doando alimentos e materiais de higiene e limpeza para as famílias dos trabalhadores em todo o país. Junto a outros segmentos da classe trabalhadora e organizações sociais, a FUP luta contra a privatização do Sistema Petrobras e pelo seu fortalecimento como empresa pública e estatal.

Ela vê um futuro para a Petrobras que impulsione o desenvolvimento social, econômico, científico e ecológico junto com o povo trabalhador brasileiro. Neste momento crítico, com múltiplas ameaças sociais, econômicas e políticas, a Federação busca construir amplas alianças com aqueles comprometidos com a democracia e a transformação da sociedade.

Os petroleiros do Brasil sabem que suas lutas não são únicas e que não estão sozinhos nelas. É por isso que dão agora o passo de se juntar à Internacional Progressista para unir, organizar e mobilizar as forças progressistas em todo o mundo. Com base no compromisso histórico da FUP com o avanço da democracia, soberania, direitos trabalhistas e sociais, a Federação trabalhará com outros membros da Internacional Progressista para conquistar uma vida digna para todos, no Brasil e no mundo.

Ajude-nos a construir a Agencia

A Agência é a única rede mundial de publicações progressistas e perspectivas de base.

Desde nosso lançamento em maio de 2020, a Agência disseminou mais de 100 artigos de publicações progressistas importantes ao redor do mundo, traduzindo cada um para pelo menos seis idiomas - trazendo a luta dos indígenas da Amazônia, palestinos em Gaza, feministas no Senegal, e muito mais para uma audiência global.

Com mais de 150 tradutores e uma crescente equipe editorial, nós confiamos em nossos colaboradores para continuar espalhando estas histórias da luta de base e para sermos a agência de notícias das forças progressistas do mundo.

Nos ajude a construir essa missão. Doe para a Agência.

Support
Available in
EnglishPortuguese (Brazil)
Date
17.11.2022

More in Announcements

Announcements
2020-05-10

Welcome to the Blueprint

Receive the Progressive International briefing
Site and identity: Common Knowledge & Robbie Blundell